fbpx

A verdadeira INOVAÇÃO !

Muito se fala de INOVAÇÃO. Temos que INOVAR. INOVAÇÃO é a solução. Sem INOVAÇÃO as empresas terão muita dificuldade de irem em frente….enfim vivemos a banalização do significado da palavra INOVAÇÃO. Escrevo este artigo com a intenção de mostrar para os empreendedores, a partir da criatividade, quais são os tipos de INOVAÇÃO: em que?, por que?  e como devemos INOVAR, mas falando de uma forma simples, objetiva e sucinta.

Mas…..o que é INOVAÇÃO ?

O conceito de inovação é bastante variado, dependendo, principalmente, da sua aplicação. De forma direta, inovação é a exploração de novas ideias que dão certo. Associando a empresas, a pergunta chave é: o que são empresas que dão certo? Empresas que dão certo e são bem sucedidas, são as empresas que por exemplo, tiveram  aumento de faturamento, acesso a novos mercados, aumento das margens de lucro, diminuição de custos, rápida adaptação ao novo e principalmente conquista de  clientes inéditos, pois são dos clientes, quando compram de nós que aumentam as nossas receitas. Nova pergunta: a nossa empresa pode dar certo após a COVID? A resposta é: se ela INOVAR tem tudo para ser vencedora!

Dentre as várias possibilidades de inovar, aquelas que se referem a inovações apoiadas na modernidade são conhecidas como inovações tecnológicas. Confira abaixo alguns conceitos importantes:.

Em que inovar ?

As diferentes formas de se inovar podem ser classificadas também como diversos tipos de inovação.

Inovação em produto:

  • Consiste em modificações nos atributos do produto, com mudança na forma como ele é percebido pelos clientes.

Exemplo: automóvel com câmbio automático em comparação ao “convencional”.

Inovação em processo:

  • Trata de mudanças no processo de produção do produto ou serviço. Não gera necessariamente impacto no produto final, mas produz benefícios no processo de produção, geralmente com aumentos de produtividade, redução de custos e aumento na velocidade na produção.

Exemplo: automóvel produzido por robôs em comparação ao produzido por colaboradores humanos.

Inovação em modelo de negócio:

  • Considera mudanças no modelo de negócio. Ou seja, na forma como o produto ou serviço é oferecido ao mercado. Não implica necessariamente em mudanças no produto ou mesmo no processo de produção, mas na forma como que ele é comercialmente levado ao mercado.

Exemplo: automóvel é alugado ao consumidor, que passa a pagar uma mensalidade, com direito a pagamento de IPVA, licenciamento, manutenção e troca sempre que necessitar. O cliente paga um valor mensal pelo uso do veículo, antes desta modalidade de aluguel, podemos comparar com o modelo de negócio tradicional onde o veículo era vendido, e todos os encargos ficavam por conta do cliente. 

Por que inovar ?

Considerando que as inovações são capazes de gerar vantagens competitivas a médio e longo prazo com relação à concorrência, inovamos porque torna-se essencial para a sustentabilidade das empresas e vitória sobre os nossos competidores.

Como inovar ?

As inovações acontecem de modo muito simples. Deve-se observar tudo e a todos, uma vez que olhando tudo o que está ao nosso redor iremos descobrir como alguma coisa irrita o ser humano por não ter soluções imediatas diante de problemas pequenos que acontecem no nosso dia a dia, ou seja existe uma necessidade não suprida onde a inovação está conectada a descoberta de alguém que identificou algo para atender a esta necessidade, que o mundo ainda não conhecia. Com certeza surgindo a inovação esta vai melhorar a vida das pessoas.

UBER é um exemplo de como fazer a inovação

Vamos dar como exemplo o UBER, uma das startups mais valiosas do mundo que surgiu através de uma necessidade. Imagine este fato real: dois amigos americanos Travis Kalanick e Garret Camp, estavam em Paris, participando de um evento de tecnologia e empreendedorismo, em uma noite fria e com nevasca. Terminado o evento tendo eles que voltarem para o hotel, não conseguiam encontrar um taxi para aquela sua necessidade imediata. Eis que surgiu a grande ideia: imaginaram um serviço, onde poderia ser possível chamar um carro com motorista particular, no endereço onde eles estavam apenas com um toque no celular.

Os amigos então voltaram para San Francisco e “amadureceram” a ideia criativa e em março de 2009, inovaram e fundaram a empresa que no começo se chamava UberCab. O aplicativo foi incrementado com alguns desenvolvimentos adicionais e passou também a informar a localização do passageiro através do GPS, estando disponível para iPhone e Android. Assim surgiu o UBER uma ideia que hoje vale mais de 50 bilhões de dólares.

Inovações COVIDIANAS – Durante e Pós COVID-19

Durante a COVID com o confinamento, valorizamos o que é mais rico e importante em nossas vidas – o  tempo – uma vez que a correria neste período, temporariamente acalmou. Com isto tivemos mais chance de pensar e produzir. Os empresários de alimentação aproveitaram muito esta oportunidade de terem mais tempo para inovar e outros nichos vieram a reboque também com este olhar de mais tempo e adaptarem os seus negócios com inovações com a possibilidade de delivery, drive thru e take away.

Inovação na Nova Normalidade

O delivery deixou de ser um item secundário dos restaurantes e outros negócios, passando a ser um item prioritário e mais do que importante para que estes estabelecimentos não deixassem de funcionar e assim não falindo. As entregas vieram agora com a inovação, com vários diferenciais competitivos, como por exemplo a higiene que passou mais do que nunca a ser condição fundamental para retenção de clientes e um valor agregado essencial.

Os entregadores à domicílio, com suas motos, bicicletas ou a pé, passaram a usar máscaras que com a inovação tornaram-se máscaras personalizadas, implantaram-se também o face schield, os uniformes herméticos dos entregadores ficaram totalmente higienizados e as embalagens ganharam novos designers, passando a serem itens observados e valorizados pelos clientes. O empresário que utilizou estas inovações de produtos ganhou pontos na diferenciação.

Os processos de entrega de refeições foram radicalmente modificados com inovações. O nível de espera do cliente foi diminuído para o mínimo possível, utilizando os recursos da psicologia da espera com tecnologia. A comida começou a chegar rápido ao seu destino, quentinha, apetitosa e com qualidade. Esta foi outra grande inovação de processo, onde o empresário que enxergou estas mudanças nos processos de entrega, inovou, ganhou vantagens competitivas e preferência dos clientes.

A grande inovação de processo de um futuro bem próximo será a entrega feita por drones, é só viver para ver.

Estou inovando ?

É irritantemente fácil e lógico sabermos se estamos inovando ou não. Estou inovando nas minhas entregas? Resposta: basta o seu cliente perceber e externar espontaneamente que notou alguma coisa de “diferente e nova” na sua maneira de atender. Simples: Isto é inovação! Sugestão: pratique a inovação……..é fácil e barato, com resultados surpreendentes e rápidos.

Rumo ao COVID zero!…..nova normalidade…..#novanormal…..

SUCE$$$UUU SEMPR$E !!!

Sérgio Rocha Lima – Consultor, mentor e professor

www.rochalimaconsultoria.com.br