fbpx

Você é um empreendedor ou um empresário? Se acha que essas duas palavras têm o mesmo significado, você está enganado. Muitas pessoas confundem esses papéis sem perceber que na prática as competências de um e outro são diferentes.

Uma pessoa que abriu um negócio não é necessariamente um empresário, cargo esse que não exige as características essenciais de um bom empreendedor. Para falar a verdade, o empreendedor e o empresário inclusive se completam em suas competências!

Pronto para entender a diferença entre essas duas palavras e o real significado de cada uma delas? Continue lendo!

 

O empresário

 

O empresário é um profissional que produz e gerencia mercadorias ou serviços com o intuito de colher os frutos em forma de lucro e consolidar sua empresa no mercado.

Para exercer essa função, é preciso ter conhecimento de técnicas de administração para gerir todos os recursos da empresa, como os funcionários, o dinheiro, os materiais e os equipamentos.

Se você ainda não consegue imaginar muito bem a diferença entre o empresário e o empreendedor, aqui vai um exemplo: o primeiro pode ser um dirigente de uma empresa metalúrgica que trabalha individualmente, bem como um grupo de acionistas de uma grande organização.

O empreendedor

 

Um empreendedor é um conjunto de habilidades que estão relacionadas a um perfil pessoal ou profissional. Para entender melhor isso, considere o que você já sabe sobre o empreendedorismo — que é uma tendência em identificar oportunidades e gerar negócios a partir delas.

O perfil empreendedor é uma característica muito apreciada em diversas empresas pois o comportamento está ligado à visão de futuro proatividade, iniciativa, paixão por assumir riscos, sede de inovação e busca constante de informações e tendências, que certamente são oportunidade para novos negócios.

O empreendedor geralmente atua individualmente com uma empresa própria no meio físico ou digital, como no e-commerce. Além disso, o empreendedorismo social, como foco em solucionar problemas da sociedade também vem se tornando uma pauta relevante para esse mercado.

Saiba que em um mundo ideal, o empreendedor e o empresário seriam a mesma pessoa, unindo a visão gerencial à realização de ideias inovadoras. Entretanto, a realidade é um pouco diferente e isso não é uma desvantagem, pois muitas parcerias podem surgir a partir dessa carência de competências.

Um empresário, ao buscar um sócio empreendedor, tem chances de agregar novas ideias, diferenciais, reduzir burocracias e fazer com que sua empresa saia na frente no mercado. Por outro lado, o empreendedor pode contar muito com o empresário na hora de organizar processos e otimizar o desempenho gerencial do empreendimento.

Você se encaixa no perfil de empreendedor ou é um empresário? Comente e compartilhe suas experiências!

 

 

Publicitário, CEO da RPMR Marketing e Eventos. Apaixonado por políticas sociais e entusiasta do empreendedorismo, está disposto a fazer a diferença no cenário carioca com seus projetos.

%d blogueiros gostam disto: